Cavaleiros de Solamnia

Fundada por Vinas Solamnus em 1775 AC decorrente de uma visão enviada pelos deuses Paladine, Kiri-Jolith e Habbakuk, os Cavaleiros da Solamnia são dedicados a proteção de seu país, mas acima de tudo, aos ideais de honra.

Ela é composta por três ordens. A primeira é a dos Cavaleiros da Coroa: leais, obedientes e humildes, eles formam o maior contingente dos cavaleiros. A segunda é a Ordem da Espada: mais experientes e habilidosos, eles são também os mais devotos aos deuses e por isso recebem o dom da cura. A terceira e mais elevada é a Ordem da Rosa: sábios e justos, eles são os comandantes e líderes dos cavaleiros.

Apesar de terem sua própria estrutura e hierarquia, as três ordens são interligadas, tendo um representante máximo de cada ordem e um Grão-mestre que lidera o Conclave dos cavaleiros sempre que se faz necessário.

O Código dos Cavaleiros é estabelecido através do Voto e das Medidas. O Voto é o famoso lema dos Cavaleiros “Est Sularus oth Mithas” que em solamnico significa “Minha honra é minha vida”. Já as Medidas são um conjunto de tomos com regras de conduta que dizem como o cavaleiro deve se portar e como viver o Voto.

Cavaleiros de Solamnia

Ampulheta no Céu Danilo Danilo